http

O que significa HTTP

A internet é rica em siglas e tem sua nomenclatura própria. Muitas vezes as pessoas não sabem o que significa determinada sigla e isso dificulta a experiência do usuário na rede mundial de computadores.

Para que um site seja acessado, seja ele qual for, é preciso que exista um protocolo que regule a transmissão dos dados entre o servidor onde o site está hospedado e o seu computador pessoal. Esse protocolo é conhecido pela sigla HTTP.

Mas o que quer dizer a sigla HTTP

Para que você possa entender o que é o HTTP, vamos antes de tudo, traduzir seu significado. Em inglês, a sigla significa Hyper Text Transfer Protocol, ou seja, Protocolo de Transferência de Hipertextos.

Esse protocolo é um conjunto de regras e de procedimentos que moderam e regulam a troca de informações entre o seu computador e o servidor que hospeda o site. Isso agiliza a criptografia e a codificação das informações que trafegam pela rede.

Como funciona o HTTP

Para acessar um site qualquer, você precisa digitar seu endereço no navegador, ou ainda clicar em um link que direcione o navegador para determinado endereço. Ao fazer isso, você está solicitando ao HTTP permissão para acessar o conteúdo do site que você precisa acessar.

Esse pedido tem o nome de Request HTTP e ele é entregue ao servidor que armazena o site. O servidor terá acesso ao seu IP, que é a identidade do seu computador e a outras informações, e diante dessa solicitação irá permitir o seu acesso ao conteúdo do site.

Embora não seja o único protocolo usado para as transmissões na internet, o HTTP é o mais popular e você pode encontra-lo na maioria dos sites, basta observar a barra com o endereço. Até um tempo atrás era preciso digitar esse protocolo na barra de navegação, mas atualmente, basta colocar o endereço correto no navegador para acessar o site que você procura. Mais Informações sobre este procologo em oficinadanet.com.br

HTTPS

Diferença entre HTTPS e HTTP

Uma das maiores preocupações, tanto dos usuários quanto dos desenvolvedores da internet é a segurança. Dados bancários e pessoais, transações financeiras e material sigiloso podem ser alvos fáceis de pessoas má intencionadas, por isso, milhões de dólares são investidos anualmente para melhorar os protocolos de segurança da internet.

HTTPS e HTTP

Esses protocolos são conhecidos como HTTP e HTTPS, e ficam na barra de navegação, onde o usuário digita o endereço que pretende visitar. O HTTP é o protocolo que regulamenta a comunicação entre o servidor e a máquina do usuário, mas por trabalhar apenas com texto, acaba sendo bem mais vulnerável.

As vantagens do HTTPS

O HTTPS é a versão mais segura do HTTP, onde os dados são criptografados e a comunicação é feita através de duas contas, uma pública e outra privada. No HTTPS as informações como IP e outras são checadas antes de permitir o acesso do usuário, o que traz mais segurança à navegação.

Para saber se o site que você está visitando possui o protocolo seguro HTTPS basta verificar na barra de navegação se a sigla está lá. Nela, também constará o ícone de um cadeado, que indica que a navegação é segura e criptografada. Esse é o primeiro aspecto que deve ser observado em sites de bancos ou aqueles que solicitam um login e senha para o acesso, pois se o protocolo for apenas o HTTP o risco é muito maior.

Segurança é a principal diferença

Em linhas gerais, o HTTPS é bem mais seguro que o HTTP, e mesmo esse protocolo não impede que seus dados sejam acessados por quem não deveria. Manter um sistema de segurança em sua máquina e evitar abrir links desconhecidos, principalmente os enviados via spam são medidas fundamentais para que se tenha o máximo de segurança possível ao navegar pela internet.

dns

Conheça o que é um DNS

Navegar pela internet diariamente se tornou tão comum que muitas vezes não paramos para pensar na quantidade de processos que ocorrem em uma fração de segundos para que possamos ter acesso aquilo que buscamos.

DNS

Um dos itens essenciais para a navegação na web é o DNS, em inglês Domain Name System. Em português, temos o Sistema de Nomes de Domínios, que como sugere o nome, é responsável por atrelar o nome do site ao endereço numérico de IP do servidor onde ele está hospedado.

Trocando números por nomes

Para entender melhor o DNS é preciso imaginar que ele seja um sistema que decodifica aquilo que buscamos na internet. Ao digitar um endereço de um site ou de um portal, o DNS entende o desejo do usuário e busca o número correspondente do site através de diversas ferramentas acessadas quase que instantaneamente.

Isso facilita a navegação, pois se o usuário tivesse que anotar os números gigantescos de cada site que acessa, a internet seria muito mais complicada. Portanto, o DNS é o sistema responsável por traduzir para a linguagem específica da internet o que digitamos cada vez que buscamos acesso a um site.

Quem fornece o DNS

Quando assinamos um provedor de internet, uma empresa que instala o equipamento necessário em nossa residência ou empresa para que tenhamos acesso à web, automaticamente temos acesso ao DNS fornecido por ela. Esse acaba sendo o padrão, muito por falta de informação por parte dos usuários da internet.

O que pouca gente sabe é que se pode usar outros DNS, que aumentam a performance e a segurança da navegação, e é possível contar com esse serviço gratuitamente. O DNS também é responsável pela segurança e pela criptografia das informações, e pela instalação de protocolos que informam quando são abertos sites suspeitos ou maliciosos

ssl

O que é o protocolo de segurança SSL

Com o uso massivo da internet para transações bancárias e comerciais, a segurança passou a ser uma prioridade. Para aumentar o grau de segurança na troca de informações através da rede foi criado um protocolo de segurança que se tornou padrão em todo o mundo, o SSL.

A sigla SSL significa Secure Stockets Layer, que funciona como um autenticador entre o cliente e o servidor. O protocolo de segurança SSL faz a verificação dos dados dos envolvidos na transmissão dos dados para que ela seja segura para ambos os envolvidos.

Como funciona o protocolo de segurança SSL

Sempre que um usuário solicita uma conexão com um site qualquer, através do seu navegador da interne, o navegador realiza uma solicitação de certificação, onde são verificados os seguintes itens:

  • A certificação é confiável?
  • O certificado é válido?
  • A certificação se relaciona com o site que o enviou?

Se todas essas verificações forem confirmadas, significa que a conexão entre o cliente e o servidor é segura, e o SSL emite uma chave pública que permite que a troca seja realizada com segurança. A principal forma de garantir essa segurança é através da criptografia dos dados, que permite que apenas os envolvidos tenham acesso aos dados trocados.

O protocolo de segurança SSL possibilita a troca segura de informações.

No entretanto, sua ação deve ser complementada com outras medidas de segurança. Dados sigilosos como números de documentos e principalmente transações bancárias devem ser autenticadas, e deve-se sempre observar a barra de navegação, onde aparece um cadeado na cor verde que indica que a troca de informações é segura e que não se trata de um site falso.

Existem no mercado diversos programas que complementam o protocolo de segurança SSL é é importante manter a máquina e outros dispositivos móveis sempre protegidos e com os mecanismos de segurança também sempre atualizados.